Sobre amar…

Amar, a mais nobre forma de expressar a lealdade do teu amor…

Por amar, permite-te a experimentação glamorosa do sentir, o que te leva à comoção,

Teu amor torna-te vulnerável aos vícios mundanos, de forma a fragilizar teu ego,

A forma como tu amas torna-se tua acepção de ser e de sentir,

Do teu amor, teu destino se declara,

Pelo teu destino, descobre-te quem é digno de teu mais puro sentimento,

Teu amor torna-te capaz de comover alguém a teu âmago,

Teu amor te corrobora ao intenso sofrimento, menospreza-te a solidão,

Mas permite que tua alma seja relevada ao esplendor, de modo a cerzir tuas feridas e curar tuas dores,

Mas atenção,

Para tu, que amas, é inalcançável o estado ataráxico, pois de fugaz forma, o amor te aflige,

E teu amor é teu seguir de alma inocente,

É tua forma de contentar-te com o mistério da tua fé.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *