Ponto-Final

Fui tentando prolongar nossa história
Enfeitei com vírgulas, nunca com ponto-final
Eu sei… Errei ? Talvez !
Mas eu insistia nesse amor que me fazia mal

Fui tentando evitar o fim
Eu usei tudo que podia
Vírgulas, reticências e até poesia
Só pra fazer você ficar

Eu percebi a mudança de sentido,
Talvez você tivesse sido sempre só um amigo
E meu iludido coração
Interpretou sua interrogação como exclamação

Era pra ter acabado há muito tempo
Mas eu sem coragem e prolongando o tempo
Demorei pra acabar com essa história

Mas como dizem por aí:
-Antes tarde do que nunca
E agora enfim encerro com um ponto-final.

 

 

 

Desenho por Rafaela Gonçalves

Poema por Sarah Silva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *