Ponto Final

Posso ver brilhar em teus olhos

Através de tua íris

O reflexo dela

Não o meu,

Jamais o meu

Entregue a um deleite juvenil

De um êxtase de amor

E pela primeira vez não me importo

De não ser eu

Tua prece fervorosa

Teu sorriso mal contado

Teus segredos tão bem guardados

Teus sonhos calados

E nessa cálida noite

Quando te escondeste sob o manto de Vênus

E jurou teu amor por ela

Assisti a tudo

Como em uma novela

E acredita

Prezo por teu final feliz

Mesmo sabendo que não será comigo

E guardo em meu peito

Nada além da sensação

De ser eu

A não precisar de nada

Além de mim mesma

Para fazer-me auto valer

Totalmente sem você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *