Esqueça Segurança, Seja Notorious

A formação dos traços da cultura Hip Hop esteve espalhada ao longo do século 20. Essa cultura abrange a dança, a música, o estilo de vestir e a identidade do grafite. Os jovens do Bronx sonhavam em ser DJs e cantores, mas havia obstáculos familiares e materiais que impediam muitos de se tornarem DJs: conseguir o equipamento de som necessário era um deles. Para se tornar DJ era preciso de, pelo menos, pick-ups, caixas de som, mixers, um acervo de discos de vinil e,claro, o TALENTO. Esses equipamentos estavam longe das condições dos jovens do Bronx e esse foi um dos fatores que elevou a criminalidade e o vandalismo, o que chamaram de guerra civil.
Um evento marcante que fora retratado em filmes, séries e videogames e que marcou o salto significante da cultura do Hip Hop foi o famoso Blackout de 13 de julho de 1977, que para muitos foi uma noite de terror e prejuízos, para outros, de conquista e de sonhos sendo realizados. Devido ao número grande de furtos que ocorreram na busca de equipamentos para realização de um sonho, os jovens de NYC cresceram com a oportunidade que surgiu no blackout,e assim, a diferença antes e depois era notável.
Em 12 de agosto de 2016, a Netflix presenteou o público com a série “The Get Down”, criado por Baz Luhrmann e Stephen Adly Guirgis com supervisão do jornalista Nelson George que presenciou o cenário daquela época e pode auxiliar os criadores com imagens reais que trouxeram boas recriações, para dar uma ideia de como era a Nova York no fim dos anos 70. Misturando realidade e ficção, The Get Down mostra diversas situações com os jovens que possuíam um sonho, como Mylene Cruz (Herizen F. Guardiola), filha mais velha de uma família religiosa que sonha em ser uma estrela. Ela tem a voz e a aparência que toda gravadora compra no ato, mas vive o conflito de não ser encorajada por sua família a fim de ir atrás do seu sonho, e Ezekiel Figuero (Justice Smith) um rapaz que também tem talento para música, escrevia versos que retratavam seus sentimentos, ainda novo, com medo de se expressar, sem graça, mas com muito talento para ser explorado. Os criadores retrataram muito bem a transição musical do Disco para o Hip Hop, talvez essa seja uma das escolhas mais representativas da série, contando com ajuda do grafite, Shaolin Fantastic (Shameik Moore), grafiteiro renomado que chama a atenção por obras feitas misteriosamente, criando um misticismo na trama.
A série The Get Down mostrou em sua primeira temporada o início de um movimento dominante nos dias de hoje. Get down é uma forma de dizer como cada pessoa se expressa, da melhor maneira possível, seja cantando, fazendo rap ou grafite.

Confira o trailer e apaixone-se pela arte.

https://www.youtube.com/watch?v=usv442G6H8A

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *