Apenas Diga

O quão importante uma palavra pode ser? Até que ponto ela tem o poder de virar uma questão em sua vida? Medo, uma dissílaba que causa interrupções, porém é também a causa de mudanças, movimento no mundo.

Parando com calma para se pensar, nada nesse universo vai além de palavras. O contato humano é feito através delas, e não pense que digo apenas sobre a linguagem verbal, mas também de movimentos corporais que, na maioria das vezes, dizem além do que queremos.

Se tudo é tão abstrato por que o grande temor? Afinal, suas consequências também não serão abstratas? E assim a tristeza ou qualquer outra paranoia não poderão ficar muito tempo fixas dentro de si.

No final, tudo terá sido passageiro, engoliremos as palavras, e nunca as “vomitaremos” por não querermos usar o segundo sentido do medo, e sim apenas o primeiro. Deixando de lado as mudanças e transformações, por mais meia dúzias de conjuntos de letras, que nunca passarão disso, letras, às quais quem escolhe dar um significado ou importância somos nós mesmos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *