2º Descobrindo a Biblioteca

A primeira coisa em que pensamos quando se fala de uma biblioteca são nos livros. Mas será que existe alguma coisa além desses verdadeiros baús que armazenam conhecimentos e histórias? Pensando nisso, o 2º Descobrindo a Biblioteca foi promovido nessa quinta-feira (28) no campus Machado, reunindo alunos, professores e funcionários do Instituto. Não obstante, o evento contou também com a presença das escolas estaduais João da Paula Caproni, de Carvalhópolis; e a E.E Rubens Garcia e E.E. Gabriel Odorico, ambas de Machado.

O tema foi “Vida, Obra e música de Vinícius de Moraes” e apresentou aos participantes uma completa exposição contendo uma biografia detalhada a respeito da vida desse célebre diplomata, dramaturgo, jornalista, poeta, cantor e compositor brasileiro.

Segundo Andressa Magalhães D’Andréa, que fez parte da Comissão Organizadora, a escolha de exibir e homenagear Vinícius vem da sua importância nesse contexto, mostrando e representando uma ideia multicultural. O objetivo é justamente promover a cultura no campus, através da exposição literária e de outras manifestações, como a música e o teatro. Assim, acontece uma abertura da Biblioteca para uma integração co todos.

A programação, decidida pela Comissão Organizadora, que teve a participação de Ana Luiza Macedo Romanelli, Andressa Magalhães D’Andréa, Brenno Leonardo Lopes, Dayanna Martins de Carvalho, Maria de Lourdes Codignoli e Vanessa Martins Dias, combinou a exposição de resenhas dos alunos da professora Carol Cunha, vídeos dos alunos da professora Celina Neta e até obras dispostas em estantes. À tarde, a professora Alice Meira e seus alunos apresentaram músicas e poemas. Durante a noite, a Cia. Meus Pêsames, do campus de Pouso Alegre, exibiu improvisações de acordo com sugestões da plateia. Por fim, o grupo Musicalidades Por Toda Parte, com o tema: “A canção que nos define…”, apresentou-se para concluir um dia riquíssimo em cultura que agradou ao público presente.

Desse modo, em tempos como o que vivemos, marcado por discussões e conflitos, que acarretam em um clima pesado, é preciso recorrer à música, à literatura e às mais diversas manifestações artísticas, que são capazes de proporcionar uma leveza incomparável e gerar um novo ambiente repleto de amor, sentimento esse que Vinícius escreveu tão belamente:

“Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure”.

Momentos assim encantam como as poesias, os livros e as melodias. Renovam nossas energias e dão a impressão de que tudo foi infinito em nosso interior, ao menos enquanto durou.

Confira as fotos nos links abaixo:

Álbum do evento no Facebook da Biblioteca: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.1710971835839394.1073741860.1427445750858672&type=3

Notícia no site do IF com fotos: http://mch.ifsuldeminas.edu.br/noticias/138-2016-01-04-10-40-32/3111-2016-04-28-14-39-30

1 comentário em “2º Descobrindo a Biblioteca”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *