IF CONNECT

O que você quer ler hoje?

Canto de Liberdade

O correr das águas,Em fonte efêmera, suave,Silenciosa, contrastaAos irreverentes pássaros,Piando irreconhecíveis cantos.O verde da pastagem,O branco das margaridas,O breu de meu eu,Tudo em perfeita harmonia,Com gritos vaziosDe uma alma cheia de aflições.Clamo, clamo, e sequer…

Poesias

“Com as lágrimas do tempo e o cal do meu dia eu fiz o cimento da minha poesia”
Leia mais

Variados

“O que é mais difícil não é escrever muito; é dizer tudo, escrevendo pouco”
Leia mais

Cartas

“Com cartas brancas, senhor cônsul solta Pombos de papel”
Leia mais